Estilo Decor - Millennials

A definição de Millenials, nascidos entre 1980 e 1995


Uma geração nascida junto com a primeira leva de alta tecnologia efetiva: computadores domésticos e internet.

Para compreender este estilo de decoração, em cada país, seria necessário compreender as circunstâncias locais, e como isso influenciou a moda e o design em geral, incluindo o de interiores.


Atualmente, esta geração em alguma boa porcentagem já está vivendo fora da casa dos pais, são jovens adultos, mas não no início dramático da carreira econômica - apesar de ainda não resolvidos em sua maioria.

Estes aspectos são importantíssimos para se categorizar este estilo, que vai marcar com elementos icônicos, no layout na logística, a presença de itens como mesas para computadores! Certamente. Além disso, acessórios tecnológicos estarão presentes na construção de cozinhas, salas de TV, etc. Para os mais abastados, uma boa dose de integração tecnológica residencial - também chamada de automação, poderá interferir em elementos decorativos e nas próprias possibilidades de iluminação e geometrias.

High-tech ou analógico?


Entretanto, apesar dos pontos citados, ainda é uma geração onde a maior parte dos componentes fazem parte de um mundo construído sem alta tecnologia, e portanto, analógicos (lustres, spots convencionais, sancas de cordão de filamento, etc) ainda que depois estes elementos sejam substituídos por de melhor tecnologia como leds.


Formalmente, encaixa-se dentro do estilo pós moderno, que é tudo após o moderno ate atualmente, mas nem tanto - eu arriscaria dizer que até o ano 2010. E como tecnologicamente o pós moderno não está tão distante assim do modernismo, o pico de mudanças vem acontecer na próxima geração. Esta é transição.


Financeiramente salvo... ou quase


Ainda que muitos não estejam totalmente resolvidos e muitos já tenham a vida plena, em termos teóricos, pela idade, pode-se dizer que são pessoas que já chegaram na etapa de assentar a alma inquieta e decorar a casa para família e para si mesmos. Mas não de forma abastada - o que já se pressupõe uma característica da Geração X, a imediatamente anterior. Também se caracteriza por ser uma geração onde a idade pré-adulta esticou um tiquinho em relação aos "boomers" (que não são boomers, é só giria mesmo dos millennials), ou seja, são casas joviais e alegras, com ares de bem adulto. Isso para os anteriores, para os Gen z talvez sejam casas de tiozinhos e tiazinhas rsrsrs... a velocidade de update atualmente está gritante.

Por isso, o estilo de decoração desta geração, que em parte está salva financeiramente, ainda apresenta (neste ano em que estou escrevendo este artigo!!!) características provisórias ou estilísticas de finalização inconclusa financeira, como desktops simples despojados, pequenos, ausência de estantes enormes de livros e itens materiais.

Se por um lado esta quase definição financeira pode ser um fator, mais ainda é a presença de notebooks, livros digitais, internet em excesso, smartphones (todo mundo se atualiza ué...) e portanto, encontra-se no layout e no design, a ausencia de necessidade de espaço para muitos livros e dvds, bluerays, MDVs, (oi? o q é isso? rs), abajours enormes (cabem os mini de led já...) e outras formas. Nesse caso, também não teremos uma linha pesada "boomer" de estantes enormes pesadonas abastadas, mais tipicas da geração X, e as cozinhas são menores - também uma tendencia do mercado imobiliário, que só vai aumentando.


Itens típicos


É importante entender que o que define é a época de consumo, não a época de nascimento, e por isso, a identidade estética do período é fundamental. Apesar de poderem todos mesclar novos itens, estamos falando de um estilo que já não é tão recente assim, ainda que super em voga.

Geometrias revitalizadas do aramado modernista bauhausiano, espelhos geométricos, pendentes aramadas misturando o modernismo com o high tech químico (veja este post clicando aqui), mesas sobre cavaletes ou aramados, lampadas e mesas de geometria cristalina, cadeiras Eames, vasinhos e plantinhas, e inclusive, parte do urban jungle, recortes de decoração paramétricos em router/cnc, cabeças de bichos (ecletico também), e muitos quadrinhos e almofadas com imagens, icones e frases, fazendo o serviço dos bottons nos anos 80, e das camisetas ao longo do séc XX e XXI.






Palavras chave #decoração #designdeinteriores #arquitetura #arquiteturadeinteriores #millennialdecor #millenials #brasil #brasileiro #homeoffice #geraçaox, #geraçaoyx #babyboomers

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square