Estilo Decor - Boho & Boêmio

Generalidades; um conjunto de tendências sob um mesmo nome


O estilo Boêmio (em inglês, Bohemian) ou Boho (contração/giria) é definido teoricamente pela ausência de estrutura na linguagem decorativa, porém não deve ser confundido com o Ecletismo. Apesar do discurso generalista que permite todo e qualquer elemento decorativo a partir da individualidade, isto não é verdade, já que se cavarmos mais a fundo o conceito vamos descobrir que sua derivação sócio histórica implica por um lado, um padrão cada vez mais específico de cores texturas e idéias, e por outro, a mensagem implícita relacionado ao despojamento hippie, hipster, pós beatnik, naturalista, não industrial e absolutamente tendendo ao artesanal de baixa produtividade.

Dessa forma, o climão de casebre simples com itens feitos com tempo e pelas próprias mãos da comunidade, eventualmente coloridos mas principalmente com a cor das fibras naturais (sim existe uma predominância das cores terrosas, apesar de não admitirem) vegetais, couros, madeiras, sisais, etc.

Portanto, entender o Boho ou o Bohemian, é simplesmente uma questão de vetor histórico.

O Boho é menos urbano, ou mais anticapitalista (no sentido ideológico que as minorias de contraculturas do século passado atribuíram), enquanto o Bohemian, que passou seu grupo pelo beatnik e depois para a contracultura mais urbanizada, vai admitir elementos mais urbanos e eventualmente industrializados, reciclados, com aparência retrô, old school, etc: sempre buscando indicar posicionamento social anti-consumismo. Se bem que, para montar um ambiente assim atualmente, essa opção não existe, o que resta é apenas o discurso, se for o caso, ou apenas o conforto visual lindo do estilo.

Deixando de lado toda a abordagem sociológica política histórica, que serve apenas como centro de referência inteligível, vamos listar itens obvios destes estilos, que podem ser confundidos facilmente:

- Presença de elementos naturais como madeira rústica, cestas, vasos cerâmicos, sisais, tramas e fibras naturais.

- Presença de fibras de algodão natural, com espessuras maiores (artesanal) de fios, muito algodão cru e possíveis padrões de tecidos artesanais coloridos, aceitando-se impressos também, desde que dentro da mesma mensagem.

- Muitas planas

- Nenhuma superfície cromada, espelhada, lapidada, que venha remeter riqueza material e opulência financeira.

-Forte presença de tecidos e elementos em madeira, remetendo a percepção a uma era pré-industrial, até mesmo tribal.

- Aceita elementos étnicos de tribos do mundo inteiro, exemplo, indonésios, indio norte americano, polinésio, indiano, médio oriental, etc.


Classificação de minha parte, divido em três subestilos:


O Boho nordico/anatólico/naturalista

Com raras iconografias religiosas ou astrológicas, ou especificamente culturais, voltado mais para o despojamento puro e paletas terrosas/offwhite, leve e luminoso. Ou pode ser associado a naturalismo puro.







Boho oriental/persa-indiano-polinésio

Soterrado sob cores e iconografias orientais e persas, indianas, com muita referencia a idolos, simbolos misticos e elementos que possam referir a xamanismo, hinduismo, budismo, etc., também muito mais relacionada a cultura hippie, psicodélica e pagã.




Boho beatnik ou hipster

Aceita elementos tenológicos mas com aparencia envelhecida em geral, ou minimamente harmônica. Pode até ter referencias persas/anatólicas/orientais mas não predominantemente. Mais associado a subgrupos e contracultura não opulenta urbana, de hábitos notívagos e flanadores.





Dos dicionários não convencionais e coletivos:


Boho, sinônimo de boêmio, informal, gíria.

Boho: Um estilo feminino com influência construtiva a partir de diversos estilos boêmios, hippies, beatniks , popular na primeira metade do século 21.


Boêmio (bohemian): um artista ou escritor inconformado ou não convencional, pessoa que prioriza desfrutar a vida, frequentador de locais festivos, bares e afins.

Um tipo de roupa não convencional, uniforme ou vestido. Bohemia: um lugar geográfico com este nome, cidade de Bohemia, na República Tcheca.


Featured Posts
Recent Posts